Arquivos Mensais: junho 2019


NASA: Formação de Iceberg na Antártida é monitorado

*+- Fonte: Gazeta do Povo e Agência EFE O monitoramento das alterações nos continentes e oceanos aumentou com os cientistas observando atentamente as alterações que ocorrem no planeta. Cientistas detectaram fissura de 29 quilômetros de extensão na Ilha Pine. Nos próximos meses, gelo deverá se desprender e se tornar um iceberg de 800 quilômetros quadrados. Integrantes  da Nasa (agência espacial americana) afirmaram no Chile que vigiam a formação de um grande iceberg, de 880 quilômetros quadrados, produto de uma rachadura que se estende ao longo de 29 quilômetros na geleira da Ilha Pine, na Antártida. A observação da enorme rachadura foi feita em voos de investigação realizados durante outubro pela equipe IceBridge, um conjunto de cientistas e técnicos da Nasa que analisam as mudanças nas camadas de gelo que cobrem a Antártida e a Groenlândia desde 2009. “Nos voos observamos uma grande fissura que indica que um grande pedaço de gelo […]


Sol acordando: aurora boreau nos EUA

*+- A maior explosão maior  solar em radiação  em seis anos atingiu a Terra no dia 24 de janeiro, tendo chegado ao nosso planeta partículas de alta energia atômica, dizem os cientistas,  o que poderia ter causado mau funcionamento de satélites de comunicação e redes de energia. O maior impacto ocorreu na área do Pólo Norte. Enquanto isso, nos Estados Unidos, registrou-se  o fenômeno da aurora boreal  que não era visto na região há anos e surpreendeu os especialistas . As zonas polares têm pouca proteção contra explosões de radiação solar, devido à estrutura do campo magnético da Terra. Aviões evitam se utilizar de rotas para o Norte polar porque tempestades de prótons podem interromper as comunicações de rádio de alta frequência, disse em uma entrevista o especialista da NOAA Weather Prediction Center, físico Doug Biesecker.  Equipamentos de alta precisão do GPS também podem ser afetados pela radiação solar, mas as […]


Pesquisador Afirma: Interesse na Antartida não é Científico

*+-Fonte: INFO O incêndio na base brasileira Estação Antártica Comandante Ferraz, em fevereiro, levantou questões sobre a importância das pesquisas científicas realizadas no continente e quais os impactos que o acidente traz para o Brasil. Dr. Luiz Carlos Molion, membro da OMM (Organização Meteorológica Mundial) e professor de climatologia da Universidade Federal de Alagoas, esteve envolvido com o PROANTAR (Programa Antártico Brasileiro) entre 1984 e 1987. Em entrevista para INFO, Molion esclarece quais os reais interesses brasileiros na Antártica. Molion: Há 110-150 milhões de anos, estima-se que a Antártica pertencia a região equatorial, que vai do oeste da Amazônia às Ilhas Galápagos. Era um local com florestas densas e vulcões, com riqueza de minerais preciosos e raros, como ouro e, possivelmente, petróleo, já que biomassa é uma das fontes de petróleo. Há 30-50 milhões de anos, a Antártica se posicionou no Polo Sul e começou a acumular gelo. Mas, seu […]


Estréia Terra Convexa Cinemark

A Comprovação do Real Formato da Terra

*+-Questionamentos sobre o formato da Terra são recorrentes na história da humanidade. Em função de uma série de fenômenos naturais que contradizem os ensinamentos acadêmicos, cientistas brasileiros do Dakila Pesquisas decidiram investigar essas inconsistências. Em sete anos de estudos, foram realizados experimentos científicos, em diferentes pontos no mundo, com acompanhamento de instituição governamental e de profissionais de vários segmentos. Os resultados estão apresentados no longa-metragem Terra Convexa – O Documentário. A pré-estreia, para convidados, ocorreu no dia 26 de março, às 19h30, no cinema do Shopping Eldorado, em São Paulo (SP). Três dias depois, o documentário foi lançado no site Terra Convexa Site Oficial em português, inglês e espanhol. Segundo Urandir Fernandes de Oliveira, fundador de Dakila Pesquisas, a tese de que a Terra é redonda foi derrubada por sete experimentos: geodésico, que consiste em medir dois prédios com ampla distância, tendo como referência o nível do mar; experimento a […]


Erupções de vulcões podem ser previstas

*+-Fonte: BBC e Naturlink De acordo com um novo estudo publicado na revista Nature, as erupções dos maiores vulcões do planeta podem ser previstas com várias décadas de antecedência. Estes vulcões podem produzir gases e cinzas suficientes para mudar temporariamente o clima da Terra. Os vulcanólogos referem-se à história dos grandes vulcões como “erupções formadoras de caldeira” uma vez que o magma é tão volumosos que deixa uma depressão massiva na superfície terrestre conhecida como caldeira. Os grandes vulcões do planeta, denominados supervulcões, quando entram em erupção podem provocar destruição a nível global. Estes vulcões podem permanecer centenas de milhares de ano adormecidos antes de ocorrer uma erupção. Os investigadores acreditam que os registos sísmicos e outro tipo de leituras podem ajudar-nos a prever uma erupção com alguns meses de antecedência. Agora, um novo estudo publicado na revista Nature sugere que podemos antecipar estes eventos muito mais cedo. Análises realizadas […]


Projeto-Portal-Pesquisadores-do-CTZ-localizam-objeto-proximo-a-Jupiter

Estranho Objeto azul é captado passando por Júpiter

*+-Técnicos do CTZ – Centro Tecnológico Zigurats da Associação  Dakila Pesquisas registraram durante observação de rotina no céu em seu Observatório durante a noite de 24 de janeiro um estranho objeto  de cor azulada nas proximidades do planeta Júpiter, fazendo  diferentes e estranhas manobras após sumir  totalmente do campo de visão do telescópio um pouco mais de 42 minutos depois de ter sido detectado.  Todo o movimento do objeto foi fotografado. Na primeira observação feita às 22:33 (hora de Brasília) o objeto foi captado abaixo de Júpiter, depois fez evoluções diferentes, subindo a direita e ao lado do planeta para em seguida prosseguir em linha reta, depois afastando-se  cada vez  mais até desaparecer totalmente  às 23:15. A velocidade e o tamanho do objeto é supreendente em relação aos movimentos de outros corpos celestes. As imagens ainda estão sendo analisadas e em breve será emitido um relatório completo sobre o fato. […]