Evidências físicas concretas de seres não humanos na Terra


Ao longo da história, surgiram algumas evidências de seres não humanos. Essas evidências quase sempre ficaram em um subplano, esquecidas em museus e não foram devidamente estudadas, porque se acreditavam pertencer a alguma aberração genética isolada. Mas com a globalização das informações, foi possível se reunir diversos achados, com as mesmas características e alguns em sítios arqueológicos muito distante de outros. A análise mais criteriosa, mesmo que superficial oferece indícios que pertencem a uma raça não humana, e que não possui relação com nenhuma outra espécie considerada parente do homo sapiens.

Cabeça de um esqueleto de 2,6 metros de comprimento encontrado próximo a Puma Punku na Bolívia.
Puma Punku é um sítio arqueológico em Tiahuanaco na Bolívia, bem próximo a fronteira com o Peru. Puma Punku possui mistérios muito intrigantes, sendo que o mais contundente são os entalhes nos blocos de rocha lá encontrados, que possuem uma perfeita simetria e extrema precisão, sendo que nos dias de hoje não teríamos tecnologia para reproduzir. Perto de Puma Punku foi encontrado um esqueleto de 2,6 metros de comprimento e com o crânio alongado. Observa-se que no topo do crânio não tem as três placas que nós temos, como Homo sapiens. Isso demonstra que este esqueleto não é de Homo sapiens.

Arquivo de pesquisa de urandir - Cabeça de esqueleto de 2.6 metros de comprimento encontrado próximo a Puma Punku na Bolívia

 

Crânio encontrado em Andahuaylillas no sul da província de Quispicanchi no Peru
Foi descoberta por Renato Davila Riquelme, que trabalha no museu Privado Ritos Andinos, na  província de Quispicanchi, sudeste de Cusco no Peru.
Observa-se que a cabeça é enorme, tem 50cm, e as cavidades dos olhos são muito maiores do que normalmente ocorrem nos seres humanos. Que raça tinha (ou tem) essa cabeça ?

Ossada encontrada em Andahuaylillas - Quispicanchi no Peru - a cabeça tem 50cm e as cavidades dos olhos são maiores que a dos seres humanos - arquivo pesquisa Urandir

Múmia Aymara no Museu Nacional do Rio de Janeiro.
Encontrada na Região do Lago Titicaca  Próximo a divisa do Perú com a Bolívia
Trata-se de um fardo funerário envolvendo um homem entre 30 ou 40 anos de idade. Os aymaras envolviam o morto , sentado com os joelhos próximos ao queixo e o amarravam dentro de um cesto .
Agora observem bem o formato do crânio!!você precisa ser um especialista para perceber que não se trata de um homo sapiens ?

 

Múmia Aymara encontrada na região do Lago Titicaca - Museu RJ - arquivo de pesquisa de Urandir

 

Evidências de crânios alongados no Egito

No Egito, era comum a representação de faraós e faranis com crânios alongados. Inclusive em estátuas pode-se observar isso. Abaixo, algumas imagens da rainha Nefertiti, em diversos desenhos e inscrições. É nítido que a cabeça não possui características humanas comuns.

 

Estátua de Nefertite encontrada no Egito - Arquivo de Pesquisa UrandirDesenho egípcio onde vê-se os faraós e faranis que eram representados com cranios alongados-pesquisa urandir

 

 

 

Incrição egípcia onde vê-se os faraós e faranis que eram representados com cranios alongados-arquivo de pesquisa urandir

 

 

 

Detalhe da estátua de Nefertite encontrada no Egito - Arquivo de Pesquisa Urandir

As deformações Cranianas

A deformação craniana artificial era uma prática bastante comum entre diversas culturas ao redor do mundo, sendo realizada em diferentes períodos da história. Existem diversas formas para se desenvolver pessoas com cabeças nesse formato. A técnica mais usada era comprimir  a cabeça de um recém-nascido, quando os ossos ainda estão se desenvolvendo e são mais maleáveis, com peças de madeira por alguns anos.

Mas Existe uma diferença estratosférica entre um crânio deformado artificialmente e os crânios deformados encontrados em alguns lugares do planeta: a diferença óssea. O crânio de um ser humano artificialmente alongado tem todos os ossos e a estrutura de um homo sapiens, enquanto os crânios alongados encontrados em alguns sítios arqueológicos, nitidamente não sofreram deformação artificial e ainda possuem características ósseas diferentes: não possuem alguns ossos da espécie homo sapiens nem dos considerados ancestrais da mesma, ou seja, pertencem a uma raça desconhecida. Mas então quem eram eles? de onde vieram e como surgiram na terra? Seriam extraterrestres? Seriam os considerados “Deuses” ? Seriam os “criadores” da raça humana? Seriam os famosos Anunnakis ?

 

Deformações cranianas ainda são tradição em algumas tribos indígenas - Povo Mangbetu no Congo - arquivos de pesquisa urandir

Ainda hoje existem tribos indígenas que ainda realizam a deformação craniana. Mas com que objetivo fazem isso ? será que para parecerem fisicamente como “Os Deuses” que possuíam cabeça com essa forma física ?